logo2.png

rot_header.jpg

CAR

Certificado de Aptidão a Reprodução

CAR – Certificado de Aptidão a Reprodução

Esta prova deve ser realizada por todos os exemplares da raça Rottweiler, Machos ou Fêmeas, antes de serem usados como reprodutores. Para se apresentarem ao CAR, os exemplares candidatos, devem reunir os seguintes requisitos:

  • Estarem registados por uma entidade oficial reconhecida pela FCI – Federação Cinológica Internacional;
  • Estarem identificados por microchip;
  • Idade mínima de 18 meses;
  • Terem realizado a partir dos 15 meses o Despiste oficial da Displasia da Anca (HD) obrigatório, e, se possível, a Displasia do Cotovelo (ED).

Resultados permitidos pela FCI:

FCI ADRK
A -
B +/-
C +


Reunidos os requisitos obrigatórios, o exemplar deve ser submetido a um juiz especialista, para ser medido na altura, comprimento, profundidade e amplitude do peito, cabeça, chanfro e perímetro do peito.

1.jpg 2.jpg 3.jpg

 
A cor dos olhos é sujeita a uma tabela devidamente identificada e pontuada, desde 1 a 6. (1A é a cor mais escura - Desejado - sendo 6b a cor mais clara - Não desejado.).

A dentição do exemplar deve ser vista ao pormenor, quer na quantidade de dentes (42 - não podendo faltar nenhum), bem como no seu posicionamento, sobretudo os incisivos, que devem cerrar em tesoura.

4.jpg 5.jpg 6.jpg

7.jpg

 
Obs. - Caso aos 18 meses o exemplar apresente uma mordida em pinça, poderá apresentar-se novamente, passados 6 meses, para verificar se houve alguma alteração.

No caso dos machos, deve ser verificado também, a existência dos dois testículos e se os mesmos se encontram em posição normal.

Por fim, será feito um relatório morfológico pelo juiz especialista. O Relatório Morfológico consiste na avaliação do juiz, segundo o Estalão da raça, da Tipicidade, Estrutura, Ossatura, Análise da cabeça num todo (posicionamento das orelhas e tamanho), Stop, Arcada zigomática, Pigmentação da boca e olhos, Lábios, Pálpebras, Pescoço, Peito, Ante peito, Posicionamento das mãos, Linha dorsal, Angulações dianteiras e traseiras, Movimentos, Pelagem, afogueados, etc.

No final, o cão será classificado como Apto ou Não apto. Caso esteja Apto o exemplar, se aplicável (1), passará ao Teste de sociabilidade do RCP.

(1) - Não tem qualquer outra prova de aptidão obrigatória e aceite pelo clube para aferição do temperamento e caráter.

Passando estas duas avaliações (2) o cão terá o CAR (Certificado de Aptidão a Reprodução).

(2) - Se, aquando a realização do CAR, o exemplar já tenha ficado apto numa das provas de aptidão obrigatórias e aceites pelo clube, obterá de imediato o CAR.

Rottweiler Clube de Portugal